2/365 Plenitude no ainda não

Enquanto espero

eu os enxergo…

Eles mesmo!

Os insetos que voam;

As nuvens no céu;

A gargalhada dos meus pais;

A melodia no violão do meu irmão;

O riso explodindo doçura das minhas primas;

A fortaleza de alegria que é a minha avó…

Entendo que já sou plena aqui. O “ainda não”, embora desejado, não torna esses dias menos especiais, ele os revela plenos. O real, o aqui, a espera é a vida palpável. O que vier, viverei quando chegar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close